Skip to content

Dólar abre em forte queda de mais de 2% dando boas vindas a Biden.

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

CÂMBIO NEWS – RESUMO DIÁRIO DE NOTICIAS SOBRE O MERCADO DE CÂMBIO – 09/11/2020

O dólar opera novamente em queda nesta segunda-feira (9), caindo abaixo de R$ 5,25, após a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais americanas, apesar da recusa de Donald Trump a reconhecer a derrota e do anúncio de ações legais para contestar o resultado.

Às 9h18, a moeda norte-americana caía 2,76%, a R$ 5,2432. Na mínima até o momento chegou a R$ 5,2362, menor cotação intradia desde 17 de setembro (R$ 5,2278). Veja mais cotações.

Na sexta-feira, o dólar fechou em queda de 2,78%, a R$ 5,3920, acumulando baixa de 6,03% na semana e na parcial do mês. No ano, ainda acumula alta de 34,47%.

Leia Mais – Fonte G1

Fonte: Tradinview

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado.

1. Biden ganha a presidência dos EUA

As principais redes de imprensa declararam o democrata Joe Biden o vencedor da eleição presidencial dos EUA no sábado e, embora o atual presidente Donald Trump tenha dito que lutaria contra os resultados nos tribunais, suas chances de anular os resultados da eleição são mínimas.

Os mercados de ações dos EUA registraram semana passada seus maiores ganhos semanais desde abril, com apostas que Biden ganharia a Casa Branca e os republicanos manteriam o Senado. Esse cenário criaria uma mão mais firme no Salão Oval e um Congresso que impediria Biden de implementar aumentos de impostos ou muitas novas regulamentações.

2. Ressurgimento do coronavírus nos EUA

Os EUA relataram no sábado um aumento recorde de casos de coronavírus pelo quarto dia consecutivo com pelo menos 131.420 novas infecções, elevando o número total de casos do país para cerca de 9,91 milhões, de acordo com uma contagem da Reuters. O número de mortes em todo o país foi de mais de 1.000 pelo quinto dia consecutivo no sábado, de acordo com a Reuters.

Mas, apesar do ressurgimento de casos de coronavírus, as perspectivas de um grande pacote de estímulo fiscal antes de janeiro permanecem sombrias

3. Wall Street dá as boas-vindas à vitória de Biden

Investidores e figuras proeminentes de Wall Street disseram no sábado que estavam felizes com o fim da apuração eleitoral, encerrando dias de incerteza durante os quais Trump fez repetidas alegações de fraude eleitoral sem fornecer evidências.

4. Autoridades do Fed, dados de inflação nos EUA e varejo, serviços no Brasil

calendário econômico dos EUA apresenta atualizações sobre a inflação e a confiança do consumidor, juntamente com o relatório de quinta-feira sobre pedidos iniciais por seguro-desemprego.

relatório de empregos de sexta-feira mostrou que a economia dos EUA criou o menor número de empregos em cinco meses em outubro e mais americanos estão trabalhando em meio período, a indicação mais clara de que a recuperação da recessão induzida pela pandemia está perdendo ímpeto à medida que o estímulo fiscal seca e novos casos de coronavírus crescem .

5. Fim de jogo para o acordo do Brexit

A Grã-Bretanha e a União Europeia têm até 15 de novembro para tentar, mais uma vez, chegar a um acordo sobre um acordo comercial do Brexit. Prazos semelhantes já passaram, mas este é importante porque o período de transição – durante o qual a Grã-Bretanha permanece na união aduaneira da UE e no mercado único – termina em 31 de dezembro.

Ambos os lados dizem que um acordo pode ser alcançado, mas o principal negociador da UE alertou para “divergências muito sérias”.

Leia Mais – Fonte Investing.com

Fontes:
https://g1.globo.com/economia/dolar/

https://br.investing.com/news/economy/fique-por-dentro-das-5-principais-noticias-do-mercado-desta-quintafeira-792780

Siga nossas redes

Veja mais

Exchange

Dólar opera em alta nesta sexta

CÂMBIO NEWS – RESUMO DIÁRIO DE NOTICIAS SOBRE O MERCADO DE CÂMBIO – 11/06/2021 O dólar opera em alta nesta sexta-feira (11), com investidores atentos às próximas reuniões