Skip to content

Dólar abre em queda em semana de decisão sobre juros no Brasil e nos EUA

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

CÂMBIO NEWS – RESUMO DIÁRIO DE NOTICIAS SOBRE O MERCADO DE CÂMBIO – 14/06/2021

dólar abriu em queda nesta segunda-feira (14), com investidores à espera das decisões de política de juros de quarta-feira do Federal Reserve (Fed) e do Banco Central do Brasil.

Às 9h18, a moeda norte-americana caía 0,39%, cotada a R$ 5,1071. Veja mais cotações

Na sexta-feira, o dólar fechou em alta de 1,21%, a R$ 5,1271. No acumulado no mês, ainda tem recuo de 1,86e no ano, de 1,16%.

Fonte: TradingView

Fique pode dentro das 5 principais notícias do mercado desta Segunda Feira

1. Vacinação antecipada em SP

O governador de São Paulo, João Doria Jr., anunciou neste domingo (13) a antecipação do calendário de vacinação contra Covid-19, prevendo agora que toda a população acima de 18 anos no Estado receberá a primeira dose de imunizantes contra a doença até 15 de setembro.

Enquanto isso, o Brasil registrou neste domingo 1.129 novos óbitos em decorrência da Covid-19, o que eleva o total de vítimas fatais da doença no país a 487.401, informou o Ministério da Saúde. Também foram contabilizados, de acordo com a pasta, 37.948 novos casos de coronavírus, com o total de infecções no país avançando para 17.412.766.

Já o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse na sexta-feira (11) que estão sendo realizados estudos para se ter “posições sólidas” sobre a possibilidade de flexibilização do uso de máscaras contra Covid-19, conforme havia pedido o presidente Jair Bolsonaro na véspera.

Queiroga também informou, no sábado, que o Brasil receberá na terça-feira 3 milhões de doses da vacina contra Covid-19 da Janssen, subsidiária da Johnson & Johnson (NYSE:JNJ) (SA:JNJB34), que serão aplicadas apenas nas capitais do país.

2. Reino Unido prepara golpe de reabertura

A confiança tem crescido na maioria das democracias ocidentais de que o pior da pandemia Covid-19 pode ter passado, à medida que os países reabrem com base nos programas de vacinação acelerados.

No entanto, esse otimismo pode receber um golpe nesta segunda com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, previsto para discutir a retirada completa das restrições no país em 21 de junho. E isso em um país que tem obtido muito sucesso na vacinação de sua população.

O ponto é que os presságios não são bons, pois a rápida disseminação da variante Delta, oficialmente uma “variante de preocupação”, colocou esses planos em risco.

O total de casos britânicos da variante Delta, identificada pela primeira vez na Índia, saltou de 29.892 para 42.323, disse a Public Health England na sexta-feira, acrescentando que a variante atualmente é responsável por mais de 90% dos novos casos Covid-19.

3. Ações em alta; de olho no Fed e no Banco Central

As ações dos EUA devem abrir ligeiramente em alta nesta segunda, perto dos níveis recordes antes da reunião do Federal Reserve desta semana, ansiosamente esperada. O Banco Central do Brasil também revela a decisão de política monetária no mesmo dia.

Às 9h07, os futuros do Dow Jones caía 0,07%, enquanto o S&P 500 e do Nasdaq 100 subiam respectivamente 0,04% e 0,32%. Já o EWZ, ETF que replica o Ibovespa em Nova York, avançava 0,55% na pré-abertura em Wall Street.

reunião de política do Fed provavelmente limitará as atividades no início da semana. O banco central não deve tomar nenhuma medida, mas os investidores se concentrarão no comunicado após a reunião de política econômica de dois dias, em meio a temores que os recentes saltos da inflação possam pressionar o banco central a começar a reduzir seu estímulo mais cedo do que o esperado.

A Tesla (SA:TSLA34) (NASDAQ:TSLA) deve estar no centro das atenções depois que o CEO Elon Musk tweetou no fim de semana que a fabricante de carros elétricos retomará as transações de bitcoin assim que confirmar que há um uso razoável de energia limpa pelos mineradoras da moeda digital.

CONFIRA: Cotação dos principais índices futuros globais

4. UE se prepara para venda de títulos de 10 anos

O Banco Central Europeu deve manter as políticas monetárias acomodativas em vigor até que haja sinais claros de que uma recuperação está em andamento, apontou a presidente da autarquia, Christine Lagarde, em uma entrevista ao site Politico.

“Precisamos realmente ancorar a recuperação. Sempre falamos em ancorar a inflação e não nos esquecemos disso. Mas a recuperação precisa ser firme, sólida e sustentável”, disse.

Com isso em mente, a Reuters informou que a União Europeia contratou bancos para uma venda de títulos de 10 anos, o primeiro a financiar seu fundo de recuperação, um passo crucial para a recuperação econômica do bloco.

A venda será lançada na terça-feira, sujeita às condições do mercado, disse a Reuters, e é o início de até 800 bilhões de euros em emissão de dívida que vai apoiar concessões e empréstimos aos Estados membros – um ato sem precedentes de solidariedade fiscal por parte da UE que pode transformá-lo num importante mutuário europeu.

5. Petróleo perto da máxima de vários anos; viagens aéreas se recuperam

Os preços do petróleo bruto subiam, negociando perto das máximas de vários anos com a melhor perspectiva para a demanda, uma vez que o aumento da vacinação de Covid-19 empurrou as viagens globais de volta à normalidade.

Às 9h10, o WTI avançava 0,69% para US$ 71,50 o barril, subindo para seu nível mais alto desde outubro de 2018, e em curso para um quinto avanço trimestral, que seria a melhor corrida desde 2010. Já o petróleo Brent subia 0,83% a US$ 73,27, em torno do valor mais alto desde maio de 2019.

Ambos os contratos registraram ganhos de mais de 1% na semana passada, a terceira semana positiva consecutiva.

Os viajantes aéreos diários dos EUA ultrapassaram 2 milhões pela primeira vez desde o início da pandemia, com o tráfego retornando aos níveis pré-pandêmicos na América do Norte e em grande parte da Europa, à medida que bloqueios e outras restrições estão sendo amenizados.

Dito isso, a Agência Internacional de Energia previu na semana passada que a demanda global de petróleo se recuperará aos níveis pré-pandêmicos no final do próximo ano, em linha com uma previsão otimista da Organização dos Países Exportadores de Petróleo de que a demanda em 2021 aumentaria 5,95 milhões de barris por dia, um aumento de 6,6% em relação ao ano anterior.

https://br.investing.com/news/stock-market-news/fique-por-dentro-das-5-principais-noticias-do-mercado-desta-segundafeira-880355

https://g1.globo.com/economia/noticia/2021/06/14/dolar.ghtml

Siga nossas redes

Veja mais

Exchange

Dólar opera em queda, abaixo de R$ 5,20

CÂMBIO NEWS – RESUMO DIÁRIO DE NOTICIAS SOBRE O MERCADO DE CÂMBIO – 23/07/2021 O dólar opera em queda nesta sexta-feira (23), em um dia de recordes nos

Exchange

Dólar opera em queda nesta quinta-feira

CÂMBIO NEWS – RESUMO DIÁRIO DE NOTICIAS SOBRE O MERCADO DE CÂMBIO – 22/07/2021 O dólar opera em queda nesta quinta-feira (22), após fechar abaixo de R$ 5,20