Skip to content

Dólar opera em alta diante de cenário global negativo

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

CÂMBIO NEWS – RESUMO DIÁRIO DE NOTICIAS SOBRE O MERCADO DE CÂMBIO – 18/10/2021

dólar opera em alta nesta segunda-feira (18), em dia negativo nos mercados externos, conforme a alta dos preços de energia dão força aos receios de piora na inflação global.

Às 9h18, a moeda norte-americana 0,59%, vendida a R$ 5,4849. Veja mais cotações.

Na sexta-feira, o dólar fechou em queda de 1,10%, a R$ 5,4526. No acumulado da semana, a queda foi de 1,13% — a mais expressiva desde a semana terminada em 27 de agosto (-3,50%). Apesar do resultado, a moeda norte-americana passou a acumular alta de 0,13% no mês e de 5,12% no ano.

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta segunda-feira

1. Fases finais da CPI da Covid

A leitura do relatório final da CPI da Covid foi adiada para quarta-feira, 20, por causa de discordâncias entre os membros da comissão e de vazamentos do texto durante o fim de semana. A votação do parecer também foi postergada para a próxima semana.

Senadores do grupo G7, que reúne a maioria da CPI e não tem ligação com o governo, estão em um impasse sobre incluir a acusação contra o presidente Jair Bolsonaro de genocídio da população indígena e também sobre indiciar o senador Flavio Bolsonaro (Patriota-RJ) por “advocacia administrativa”, ou seja, por patrocinar interesse privado por levar o presidente da Precisa Medicamentos para um encontro no BNDES.

O relatório deve indicar o presidente Bolsonaro em pelo menos 11 crimes, incluindo homicídio por omissão. Outros 60 nomes também devem ser sugeridos, segundo uma versão preliminar do texto obtida pelo O Globo, entre eles, três ministros e os três filhos mais velhos de Jair Bolsonaro.

Na sexta-feira passada, 15, o Senador Flávio Bolsonaro divulgou uma nota em que classifica o parecer como uma “alucinação” e que a CPI seria “uma peça política para agradar ao PT e tentar desgastar o presidente nas eleições de 2022”.

2. Desaceleração do crescimento da China

A economia chinesa desacelerou mais do que o esperado no terceiro trimestre, conforme uma onda de bloqueios relacionados à Covid interrompeu a atividade em setores-chave e a China Evergrande Group (HK:3333) (OTC:EGRNY) e outras construtoras superalavancadas dificultaram o cenário.

O crescimento anual do produto interno bruto desacelerou para apenas 4,9% de 7,9% nos três meses até junho, conforme as vendas de casas em queda e as condições de crédito mais restritivas atingiram o setor imobiliário e as regulamentações de poluição forçaram um fechamento mais amplo da indústria intensiva em energia. Enquanto isso, os bloqueios deprimiram as vendas no varejo, apesar de uma recuperação em setembro, quando as medidas foram suspensas.

Em termos trimestrais em cadeia, a economia cresceu apenas 0,2%, menos do que os 0,5% esperados, com a produção industrial enfraquecendo drasticamente no final do trimestre devido a um agravamento do equilíbrio do mercado de energia.

LEIA MAIS: Economia da China cresce no menor ritmo em um ano com crise energética e problemas no setor imobiliário

3. Bitcoin chega ao ponto mais alto

Bitcoin se aproximou de um novo recorde histórico, atingindo $ 62.634 durante a noite, ainda apoiado pelas expectativas de que a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA aprovará formalmente pelo menos duas ofertas de fundos negociados em bolsa exposição à moeda digital.

Tal medida expandiria instantaneamente o acesso de investidores de varejo e institucionais aos movimentos do Bitcoin, embora não afetasse imediatamente a adoção do ativo digital como meio de pagamento, tendo em vista que ambos os fundos em consideração – lastreados pela Invesco e Proshares – baseiam-se em futuros de Bitcoin liquidados em dinheiro que já são negociados na Chicago Mercantile Exchange, em vez do próprio Bitcoin.

O ProShares Bitcoin Strategy ETF (NYSE: BITO) tem esta segunda-feira como data de listagem na Bolsa de Valores de Nova York, mas isso não significa necessariamente que a negociação começará hoje.

4. Previsões para o mercado americano 

Os mercados de ações dos EUA devem abrir a semana com cautela, tanto em resposta aos dados chineses quanto de olho na enxurrada de lucros trimestrais que acontecerá esta semana.

Dito isso, a semana começa relativamente tranquila com a rede de supermercados Albertson’s e os bancos State Street (NYSE:STT) e Zions (NASDAQ:ZION) (SA:Z1IO34) liderando uma pequena lista de relatórios de empresas. Da noite para o dia, os dispositivos médicos holandeses Philips se tornaram a mais recente blue-chip a revisar para baixo sua orientação devido à escassez de semicondutores e problemas de transporte.

O calendário de dados, entretanto, tem apenas o NAHB índice do mercado imobiliário e produção industrial de setembro.

Às 08h18, os futuros da Dow Jones  recuavam 0,25%, enquanto os da Nasdaq 100 e da S&P 500 caíam 0,29% e 0,26%, respectivamente. 

5. Bailey sinaliza aumento da taxa de BoE de curto prazo

O mercado de futuros de taxas de juros europeu se contraiu depois que o governador do Banco da Itália Ignazio Visco – que não é um dos membros mais agressivos do Banco Central Europeu – reconheceu que as expectativas de inflação estavam mais altas do que o BCE faria gostar.

Os futuros de taxas de juros de curto prazo do euro aumentaram com os comentários sobre as crescentes especulações de que o BCE terá de seguir relutantemente outros bancos centrais para começar a remover o estímulo.

Houve mais ação nas taxas de juros do Reino Unido depois que o governador do Banco da Inglaterra, Andrew Bailey, deu seu aviso mais claro até agora de um aumento iminente das taxas de juros. Bailey disse a uma audiência de banqueiros centrais que o Banco “terá de agir” para garantir que as expectativas de inflação não “baixem da âncora”. Sensível à taxa de juros, os rendimentos das notas de dois anos do Reino Unido aumentaram 13 pontos base, enquanto os rendimentos dos títulos do governo de de 10 anos do Reino Unido aumentaram 7 pontos base para 1,17%.

https://br.investing.com/news/stock-market-news/fique-por-dentro-das-5-principais-noticias-do-mercado-desta-segundafeira-929585
https://g1.globo.com/economia/noticia/2021/10/18/dolar.ghtml

Siga nossas redes

Veja mais

Exchange

Dólar opera em queda em semana de Copom

CÂMBIO NEWS – RESUMO DIÁRIO DE NOTICIAS SOBRE O MERCADO DE CÂMBIO – 06/12/2021 O dólar opera em queda nesta segunda-feira (6), em semana de decisão do Banco