Skip to content

Dólar opera em alta em dia de poucos negócios

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

CÂMBIO NEWS – RESUMO DIÁRIO DE NOTICIAS SOBRE O MERCADO DE CÂMBIO – 06/09/2021

O dólar opera em alta nesta segunda-feira (6), em dia de poucos negócios em virtude do feriado de terça e diante do clima político acirrado com a crise fomentada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Às 9h04, a moeda norte-americana subia 0,14%, vendida a R$ 5,1910. Veja mais cotações.

Na sexta-feira, o dólar encerrou o dia a R$ 5,1835. Com o resultado, tem alta de 0,27% no mês. No ano, há recuo de 0,07% ante o real.

Cenário

O mercado de câmbio funciona com baixos volumes nesta segunda, por estar espremido entre o fim de semana e o feriado.

A expectativa pelos eventos de 7 de detembro nas ruas e seus desdobramentos na política vem ditando o ritmo dos mercados há alguns dias. Na sexta o presidente Jair Bolsonaro deu declarações fortes acerca do tema e disse que as manifestações serão um “ultimato” para aqueles que, segundo o presidente, descumprem a Constituição.

Já o STF passou a adotar uma série de medidas para se contrapor a eventuais excessos que possam ocorrer nos protestos, preocupado com ameaças feitas por Bolsonaro e aliados dele, disseram fontes da corte com quem a Reuters conversou nos últimos dias.

“Tem gente fazendo paralelo com 2013, quando houve quebradeira. Agora mais gente está vacinada, então pode ir às ruas, e com isso o mercado fica mais na defensiva”, disse à Reuters Gustavo Cruz, estrategista da RB Investimentos.

Ele se referia à onda de protestos pelo país em junho de 2013, seguida por forte queda na popularidade da então presidente Dilma Rousseff.

Em meio ao clima político acirrado, o estrategista avaliou ser difícil pensar num cenário de otimismo e menos volatilidade para o Brasil no ano que vem.

“O custo de oportunidade para se investir no Brasil já ficou mais alto e temos que esperar o que será.”

https://g1.globo.com/economia/noticia/2021/09/06/dolar.ghtml

Siga nossas redes

Veja mais